…e o corpo ainda é pouco!!!! (assim: atenção ao conteúdo do seu e-mail)

Muita gente que teve contato com o mundo do advertisement acaba por querer ter o seu “próprio negócio”, por assim dizer. Ficam enlouquecidos com a possibilidade de conseguir uma grana mandando emails. Muitos optam por usar as redes de afiliados para conseguir material de anunciantes e outros, com mais contatos e mais “profissionalmente”, vão até os anunciantes para conseguir porcentagens maiores sobre as vendas.

Um dos clientes de infraestrutura que atendo é desses. E uma das campanhas que ele manda é da Netshoes (que fique claro, é apenas um exemplo). Como parte do meu trabalho estou sempre em busca de melhorias da entregabilidade dos servidores que administro e para isso muito tempo de pesquisa é despendido.

Não é novidade que o conteúdo de um email, o corpo, <body>, é analisado por filtros antispam. Feature básica, deixemos claro aqui. A analise dos links encontrados nesse corpo também é um procedimento básico de qualquer sistema antispam que se preze.
O que não é novidade também é que o conteúdo disponibilizado pela Netshoes é compartilhado por N parceiros entre aqueles sérios (advertisers) e aqueles não tão sérios (spamvertizers) assim. O resultado está abaixo (clique para visualizar).

Netshoes listed Sorbs

 

A SORBS (Spam and Open Relay Blocking System) é lista de bloqueios operada pela Proofpoint, uma das maiores players do mercado de segurança em e-mail. Ter um IP ou uma URL listada nela é motivo de muita dor de cabeça e pouca entregabilidade. A questão é que TODO MUNDO que envia campanhas de advertisement está em desvantagem com os filtros antispam. Para evitar isso as empresa precisam selecionar criteriosamente quem irá enviar seu conteúdo, qual a origem da lista de e-mail e se todos que receberam esse conteúdo realmente se interessam por ele. Precisam monitorar a reputação de suas URLs e punir o parceiro que ameaçar a qualidade dessa reputação. Ou então todos acabarão como o Walmart que cancelou seu programa de advertisement, pelo menos aqui no Brasil. Ruim para todo mundo!